Tag / Sérgio Buarque de Holanda

    Loading posts...
  • Chico Buarque en français

    En novembre 2018, à l’Université de Clermont Auvergne, j’ai animé un séminaire intitulé “À la recherche de la famille perdue”, qui portait sur le populisme, la politique et la sociabilité brésilienne (programme du cours ici). Comme ligne de force, nous avons eu les œuvres de Chico Buarque et Sérgio Buarque de Holanda.… Read the rest

  • Antonio Candido

    A literatura contra a morte: Antonio Candido (1918-2017)

    A última vez que vi Antonio Candido foi em sua casa, no ano passado, quando eu e Lilia Schwarcz lhe demos um exemplar da edição crítica de Raízes do Brasil, que ele recebeu com grande entusiasmo. Nós, um pouco embaraçados, porque a edição no fundo vai contra a famosa interpretação que ele fez do amigo Sérgio Buarque, considerando-o um democrata “radical” já lá na década de 1930.… Read the rest

  • Chega de homem cordial (a palavra é outra: fronteira)

    Mauricio Puls publicou, no último número de Cultura!Brasileiros, reportagem sobre “Semeadores ou ladrilhadores“, em que eu e Bernardo Buarque de Holanda somos entrevistados. A matéria vem a calhar, inclusive porque desvia o foco do “homem cordial” – verdadeira obsessão dos leitores de Raízes do Brasil, que este ano ganhou uma edição crítica.… Read the rest

  • Debate sobre o homem cordial ainda está vivo

    Em sua aula inaugural do segundo semestre de 2016, a Faculdade de Ciências Sociais promoveu um debate atual e, por que não dizer, necessário a todos os futuros cientistas sociais que se formarão pela Instituição: uma reflexão sobre a importância de Sérgio Buarque de Holanda para a compreensão do Brasil.… Read the rest

  • Debates modernistas

    A entrevista abaixo, que dei a Alan Santiago, do jornal O Povo de Fortaleza, saiu em setembro do ano passado:

    O sociólogo Sérgio Buarque de Holanda (1902-1982) e o escritor Mário de Andrade (1893-1945) corresponderam-se por carta durante um período fecundo: de 1922, quando eclode o movimento modernista no Brasil, até 1944, quando as aspirações iniciais dão lugar a um espírito crítico mais maduro.… Read the rest