Pedro Meira Monteiro

Tag Archives: Sérgio Buarque de Holanda

A literatura contra a morte: Antonio Candido (1918-2017)

A última vez que vi Antonio Candido foi em sua casa, no ano passado, quando eu e Lilia Schwarcz lhe demos um exemplar da edição crítica de Raízes do Brasil, que ele recebeu com grande entusiasmo. Nós, um pouco embaraçados, porque a edição no fundo vai contra a famosa interpretação que ele fez do amigo Sérgio Buarque, considerando-o um democrata “radical” já lá na década de 1930.

Chega de homem cordial (a palavra é outra: fronteira)

Mauricio Puls publicou, no último número de Cultura!Brasileiros, reportagem sobre “Semeadores ou ladrilhadores”, em que eu e Bernardo Buarque de Holanda somos entrevistados. A matéria vem a calhar, inclusive porque desvia o foco do “homem cordial” – verdadeira obsessão dos leitores de Raízes do Brasil, que este ano ganhou uma edição crítica.

Debates modernistas

O sociólogo Sérgio Buarque de Holanda (1902-1982) e o escritor Mário de Andrade (1893-1945) corresponderam-se por carta durante um período fecundo: de 1922, quando eclode o movimento modernista no Brasil, até 1944, quando as aspirações iniciais dão lugar a um espírito crítico mais maduro. É esse conjunto de missivas que o professor da Universidade de Princeton (EUA), Pedro Meira Monteiro, investigou no livro Mário de Andrade e Sérgio Buarque de Holanda – Correspondência. Com o correr do tempo, o também paulista Sérgio, que traçava uma carreira de jornalista e sociólogo no Rio, foi se tornando uma espécie de “consultor” do mais velho.

Pedro Meira Monteiro