Pedro Meira Monteiro

Monthly Archives

February 2014

Notícias da literatura brasileira

Abaixo, entrevista sobre literatura brasileira contemporânea, na Ilustríssima da Folha de S.Paulo, no último domingo, em seguida a matéria de Marco Rodrigo Almeida, com ilustrações de Claudio Rocha. As respostas dos demais colegas podem ser lidas aqui.1) É possível apontar algumas tendências na produção literária contemporânea? Gosto de pensar que, diante do predomínio por tantos anos de uma literatura mais dura e realista, há hoje certa tendência a buscar espaços íntimos, onde a delicadeza dá o tom. É o caso dos contos de João Anzanello Carrascoza, a ficção de Adriana Lisboa, ou os experimentos memorialísticos de José Luiz Passos.

Colóquios com os personagens

No final de sua novela de 1915, Colloquii coi personaggi, Pirandello nos leva a perguntar: o que acontece quando os mortos não guardam mais a nossa memória? Existimos, quando alguém não pode mais sentir a nossa falta? Desaparecemos um pouco, sempre que se vão os que pensaram em nós?No velório de Eduardo Coutinho, no Rio de Janeiro, diversos de seus “personagens” vieram prestar sua homenagem. As fotos, e a ternura dos poucos olhares que se deixavam flagrar, me fizeram pensar na sentença final de Pirandello:Guarda le cose anche con gli occhi di quelli che non le vedono più! Ne avrai un rammarico, figlio, che te le renderà più sacre e più belle.Olha as coisas com os olhos daqueles que não veem mais… In lieu of farewell…

Pedro Meira Monteiro